Diretor da Rensga aponta que um dos objetivos do clube é “regionalizar os esports”

Regionalizar os esportes eletrônicos. Esse é o principal lema da mais nova participante do Circuito Desafiante de League of Legends, Rensga Esports, que adquiriu a vaga no torneio da 2ª divisão brasileira que pertencia à Operation Kino (OPK).

A recém-criada organização é formada por empresários goianos dos ramos da construção civil e da tecnologia. Escolhido para ser o diretor-executivo do clube, Djary Veiga, conta ao ESPN Esports Brasil que “a vontade de fazer a diferença” levou ele e os sócios a investir nos esports, com o objetivo de fomentar a regionalização.

Para ler a matéria toda que saiu na ESPN clique aqui